Golpe do boleto falso: confira dicas para não cair em armadilhas

Felix Schultz
Felix Schultz
Homem caucasiano receoso de ter caído no golpe do boleto falso

O boleto bancário é a segunda forma de pagamento mais utilizada no país, afinal é uma das maneiras mais práticas de pagar contas e fazer depósitos em bancos tradicionais e digitais. E é por isso que o golpe do boleto falso vem se tornando cada vez mais frequente. 

Por isso, é necessário se informar sobre as características e técnicas empregadas pelos golpistas e ficar sempre atento para evitá-las.   

Pensando nisso, reunimos a seguir algumas dicas e práticas para você saber identificar um boleto falso e não cair em golpes. Continue lendo e confira! 

O QUE É UM BOLETO FALSO?

O boleto falso é um documento bancário que falsifica todas ou as principais características de um boleto bancário verdadeiro para que, ao realizar o pagamento, o valor seja direcionado para os golpistas.

Embora muita gente pense que apenas pessoas inocentes caem nesse golpe, é preciso ter em mente que os golpistas estão usando tecnologias cada vez mais sofisticadas. Ou seja, os boletos falsos estão realmente parecidos com os verdadeiros e as formas de abordagem, bem convincentes.

Diante disso, um pequeno momento de distração pode ser suficiente para você cair no golpe.

COMO FUNCIONA O GOLPE DO BOLETO FALSO? 

O golpe do boleto falso vem se tornando cada vez mais comum no Brasil. Prova disso é que o site Reclame Aqui registrou, entre janeiro a setembro de 2019, 4.417 queixas do tipo, um aumento de 42% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

O golpe, que envolve a falsificação de cobranças, envolve desde a manipulação do código de barras do boleto até a criação de páginas para o download da fatura falsa. 

Entre os truques mais aplicados está o uso de dados pessoais disponíveis na internet para enviar uma cobrança no nome de uma empresa que a vítima utiliza. Outro golpe comum está relacionado à criação de falsas lojas virtuais. Nesse caso, o bandido cria uma página online igual à de uma loja conhecida e oferece valores atrativos, mas apenas para pagamento em boleto, gerando assim um documento falso.

DICAS PARA EVITAR CAIR NO GOLPE DO BOLETO FALSO

Apesar do golpe do boleto falso ser comum, e cada vez mais bem feito, existem algumas práticas que podem ajudar a evitar esse tipo de armadilha.

1. Verifique os dados do boleto

Os boletos falsos possuem algumas características que podem ser facilmente identificadas pelo usuário. Portanto, fique atento a alguns detalhes: 

  • Cheque se os dígitos finais representam o valor do boleto. Se forem diferentes, é possível que seja golpe.
  • Fique atento a variações inesperadas no valor de cobranças recorrentes, como a fatura da internet ou da escola das crianças.
  • Confirme seus dados pessoais, como nome e CPF.
  • Procure erros de português e de formatação.

Outra dica importante é verificar se os primeiros dígitos do código de pagamento coincidem com o código do banco emissor do boleto. 

2. Confira a origem do vendedor

Pesquise a reputação da empresa no Reclame Aqui, busque o CNPJ no boleto e cheque no aplicativo da Receita  se ele é real. 

Além disso, evite lojistas que fazem parte da lista negra do Procon e, no caso de lojas online, prefira plataformas como Mercado Pago, PagSeguro ou outros meios digitais.

3. Use a leitura automática do código de barras

Opte por ler o código de barras pela câmera do celular ou caixa eletrônico, pois, normalmente, boletos com números adulterados não trazem código de barras compatível, forçando a vítima a digitar a sequência manualmente. 

4. Baixe o boleto no site do credor

Prefira baixar os boletos no site do banco ou empresa que está fazendo a cobrança e fique atento a boletos enviados por e-mail, principalmente se o assunto for “Urgente” ou “Seu nome está no Serasa”.

5. Certifique-se de que o site é seguro

Quando optar por fazer o download do boleto no site do credor, verifique se está na página oficial e se o endereço começa com HTTPS, que é o selo do certificado SSL que garante que a página é segura e oferece maior proteção contra invasões. 

Outra dica importante ao acessar sites para fazer o download de boletos é evitar usar Wi-Fi público, pois essas redes são mais suscetíveis a ataques que possibilitam falsificar páginas visitadas e realizar o golpe do boleto falso. 

6. Cuidado com vírus 

Quando o computador está infectado pelo malware Bolware, os boletos gerados na Internet podem ter o código de barras alterado. Dessa forma, o pagamento é redirecionado ao criminoso. 

Por isso, outra recomendação importante para evitar cair no golpe do boleto falso é utilizar um antivírus confiável e mantê-lo atualizado. 

Ainda tem alguma dúvida sobre esse tema? Envie sua mensagem para nossa equipe e continue de olho em nosso blog e nas redes sociais para ficar por dentro de novidades e dicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *