ERP na segurança de dados: Garanta proteção e conformidade

Felix Schultz
Felix Schultz
A quantidade de informações sensíveis armazenadas por empresas aumenta a cada dia. Diante disso, o ERP na segurança de dados é fundamental para proteger as informações contra ameaças, além de garantir funcionalidades avançadas para a gestão do negócio. 

Para saber mais sobre o tema e entender por que a proteção dos ativos é importante para manter a vantagem competitiva, preservar a reputação e evitar perdas financeiras, continue lendo. 

Importância da segurança de dados

A segurança de dados é essencial para qualquer empresa, especialmente pelo aumento de violações e ataques cibernéticos. Afinal, a perda ou exposição de dados sensíveis pode prejudicar a reputação da empresa, além de levar a penalidades legais.

Outro aspecto primordial da proteção de dados é garantir a continuidade dos negócios, preservando as informações comerciais estratégicas e evitando interrupções nas operações. 

Regulamentações para a segurança de dados

As normas de segurança da informação permitem estabelecer regras para que todo o tratamento e fluxo de informações seja íntegro e apropriado, protegendo a integridade dos indivíduos e organizações públicas e privadas. 

Neste contexto, as regulamentações são essenciais para garantir o direito de privacidade e impedir que dados sensíveis circulem livremente em meios que não estão autorizados a utilizar essas informações.

  • ISO 

A série ISO 270xx trata de diversos aspectos relacionados à segurança da informação, garantindo que empresas de todos os segmentos possam proteger dados confidenciais contra perda e mau uso, além de ajudar a identificar e reduzir potenciais ameaças. 

Com isso, é possível otimizar os processos de negócios e os custos de TI e minimizar os riscos de negócios e de responsabilidade civil.

  1. ISO 27001: norma internacional específica que trata de um  sistema de gestão de segurança da informação (SGSI/ISMS)
  2. ISO 27701: sistema de gerenciamento de proteção de dados
  3. ISO 27017: orienta sobre medidas de segurança da informação para computação em nuvem
  4. ISO 27005: orienta sobre o gerenciamento de riscos de segurança da informação.
  • LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) foi criada com o objetivo de proteger a sociedade do vazamento de informações e evitar o uso indevido de dados pessoais. Para isso, ela define obrigações que vão desde a coleta até o armazenamento e a utilização dos dados.  

Isso se aplica a empresas de todos os tamanhos e impacta, principalmente, as áreas de relacionamento com os clientes, comercial, gestão de pessoas, tecnologia da informação e processamento de dados.

O papel do ERP na proteção de dados

Diante desse cenário, torna-se primordial ter um sistema integrado de gestão empresarial, que permita registrar e organizar as informações de forma segura, possibilitando a gestão e a utilização correta dos dados pessoais. 

Assim, o ERP é a tecnologia mais adequada para auxiliar as organizações e garantir o compliance empresarial. Afinal, o sistema mantém os dados sensíveis organizados e protegidos, evitando a preocupação com o vazamento de informações pessoais. 

Em outras palavras, o sistema ERP é uma plataforma que armazena e faz a gestão de informações relevantes, além de permitir o compartilhamento de informações entre diferentes áreas e possibilitar a geração de relatórios consolidados.  

Dessa forma, é fundamental o papel do ERP na segurança de dados. Afinal, por meio de uma plataforma unificada, é possível monitorar ações e tarefas, controlar os acessos e, assim, proteger as informações da organização.

Benefícios do ERP na segurança de dados

A utilização do ERP na segurança de dados traz muitos benefícios para a empresa, além de aumentar a confiança dos clientes e parceiros e garantir a conformidade com a lei.

Assim, é possível adotar algumas medidas para proteger seus ativos por meio do sistema ERP: 

  • Centralização e controle de dados 

Com o ERP, é possível gerenciar e armazenar dados críticos da empresa por um único lugar, centralizando um ponto de acesso e controle. Assim, o sistema reduz os pontos vulneráveis e facilita a implementação de práticas de segurança. 

  • Gerenciamento de acesso e autenticação 

Os sistemas ERP contam com recursos que possibilitam o controle de acesso e autenticação por meio de autenticação em duas etapas, atribuição de permissões de acesso baseadas em funções e níveis granulares de acesso. Dessa forma, ao garantir que apenas usuários autorizados tenham acesso aos dados, a segurança é reforçada. 

  • Criptografia de dados 

Para garantir a proteção de dados confidenciais, o sistema ERP oferece recursos de criptografia aplicáveis para a transferência de dados na internet e para o armazenamento de informações nos servidores. 

Com isso, mesmo que pessoas não autorizadas acessem o banco de dados, as informações não podem ser decifradas. 

  • Monitoramento e reconhecimento de atividades suspeitas 

Os sistemas ERP também oferecem implementação de logs de auditoria para registrar as ações dos usuários no sistema, além da configuração de alertas para atividades incomuns ou violações de segurança. 

Dessa forma, em caso de incidentes de segurança, essas medidas permitem uma resposta rápida e ajudam a reduzir riscos. 

  • Atualizações de segurança 

Outro ponto importante do ERP na segurança de dados são as atualizações de segurança. Assim, com o objetivo de melhorar a segurança do sistema, é fundamental que as empresas mantenham seu ERP atualizado com as versões mais recentes e implemente as correções de segurança mais recentes. 

  • Treinamento dos funcionários 

Além de utilizar o ERP na segurança de dados, é primordial conscientizar os funcionários. Para isso, é necessário que as empresas forneçam treinamento regular sobre práticas de segurança da informação e incentivem os colaboradores a relatar incidentes de segurança. 

Como vimos, o sistema ERP garante mais segurança no processamento dos dados, permite que os gestores consigam ter uma visão completa do negócio e dos dados em tratamento e facilita as rotinas de segurança das informações.

Portanto, ter um ERP que já é preparado para atender as regulamentações para a segurança de dados é um grande diferencial competitivo. 

O BomControle é um ERP completo para gestão inteligente que reconhece a importância da proteção de dados. Por isso, nosso sistema desempenha um papel crucial na segurança dos ativos e dados confidenciais da sua empresa. 

Assim, com a centralização dos dados em um sistema ERP, proporcionamos maior controle e facilitamos a implementação de políticas de segurança consistentes. 

O BomControle desempenha um papel fundamental nesse processo, fornecendo uma base sólida para a proteção dos dados empresariais. 

Entre em contato com nossos especialistas ou faça um teste grátis e descubra como nosso sistema ERP pode impulsionar seu negócio e proporcionar segurança e confiança para suas operações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *