BPM BPMN e BPMS: desvendando conceitos da Gestão de Processos

Felix Schultz
Felix Schultz

Saiba o que são BPM BPMN e BPMS e como entender esses conceitos pode ajudar a sua empresa

Soluções como BPM BPMN e BPMS são ferramentas e metodologias que otimizam processos e operações empresariais. Assim, costumam garantir eficiência, eficácia e competitividade para sua atuação.

Estas são siglas que se referem a conceitos de gestão de processos, que podem ser o diferencial entre uma empresa bem organizada e outra que enfrenta maiores dificuldades com sua gestão.

Por isso, saber mais sobre conceitos como esses é um passo essencial não só para padronizar as operações, mas para otimizá-las.

É sobre isso que vamos tratar agora. Saiba mais sobre BPM BPMN e BPMS. Acompanhe!

Os conceitos fundamentais do BPM BPMN e BPMS

No geral, BPM é um recurso para gestão de processos e BPMN é uma notação para representação gráfica deles. Já BPMS são ferramentas de software utilizadas para automatizá-los e executá-los.

Saiba mais especificamente como cada um deles funciona na prática.

BPM (Gerenciamento de Processos de Negócios)

Com essa metodologia, é possível organizar e facilitar processos empresariais. Sua função é auxiliar a organização a atingir os resultados estratégicos, melhorando o gerenciamento e controle das etapas.

Além disso, é útil permitindo que a empresa consiga analisá-las, modelá-las e aperfeiçoá-las, além de realizar a publicação e controle delas.

Portanto, o BPM é bastante flexível. Assim, ele pode servir para os processos de:

  • identificação;
  • modelagem;
  • análise;
  • redesenho;
  • monitoramento.

A ideia é que o BPM ajude as empresas a aumentar a produtividade, além de reduzir erros, atuar em conformidade com políticas, diminuir o microgerenciamento e atuar no controle de acessibilidade de dados.

No RH, por exemplo, pode ser usado para otimizar processos como contratação e integração de novos funcionários. Já no atendimento, para otimizar ações como o gerenciamento de reclamações e solicitações de suporte.

BPMN (Modelo e Notação de Processos de Negócio)

É um sistema de representação gráfica feito por meio de ícones e símbolos. Ele serve para representar o fluxo de processos empresariais.

O BPMN auxilia com a representação de eventos, gateways e fluxos, por exemplo. Com ele é possível facilitar a comunicação e a colaboração entre a equipe, por colocá-las em função de objetivos visíveis.

Na prática, o BPMN torna a representação visual das etapas mais simples, facilitando a identificação de eventuais problemas.

Um exemplo de uso do BPMN pode ser visto no desenvolvimento de um software. Ele pode ser usado para modelar o desenvolvimento, incluindo etapas como:

  • coleta de requisitos;
  • design;
  • codificação;
  • teste;
  • implantação.

BPMS (Suítes/Sistemas de Gestão de Processos de Negócio)

São as ferramentas de software que suportam e agrupam as tecnologias que viabilizam a automação e a execução dos processos por meio digital.

Além disso, trabalham no controle das atividades que compõem os projetos de uma organização. Assim, podem fornecer indicadores de desempenho para ações de melhoria contínua.

Os principais elementos do BPMS incluem ferramentas para:

  • modelagem;
  • análise;
  • execução;
  • monitoramento.

Os benefícios do BPMS incluem redução de riscos, melhor controle organizacional, otimização de processos, aumento da agilidade e melhoria da colaboração.

Um exemplo prático da aplicação do BPMS é na distribuição de conteúdo por empresas de mídia. O recurso pode ser usado, por exemplo, para automatizar o processo de preparação e entrega do conteúdo, desde a criação até a sua distribuição.

Os impactos da integração entre o BPM BPMN e BPMS para uma abordagem completa de gestão de processos

Cada um desses conceitos desempenha um papel fundamental na otimização dos processos e operações de negócio.

Já a interação entre BPM BPMN e BPMS é fundamental para garantir que a modelagem, execução e monitoramento contínuo dos processos estejam alinhados.

O BPM fornece a metodologia para gerenciamento, o BPMN fornece a notação para representação gráfica e o BPMS fornece as ferramentas para automação e execução.

Portanto, quando aparecem juntos, eles fornecem uma abordagem completa para a gestão de processos, permitindo que as empresas otimizem seus processos e operações de negócio.

Dessa forma, fazer do uso integrado dessas abordagens sofistica o dia a dia da gestão empresarial e proporciona melhores resultados. Assim, é fundamental alinhar modelagem, execução e monitoramento contínuo.

Agora que sabe o que é BPM BPMN e BPMS, siga o BomControle nas redes sociais para conferir outras dicas essenciais para o seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *