Gestão de metas: como implementar para ter bons resultados

Felix Schultz
Felix Schultz
Reunião de negócios para gestão de metas, mulher escrevendo em quadro branco.

Talvez você nunca tenha parado para pensar, mas a gestão de metas é crucial para alavancar o sucesso das operações empresariais.

Apesar de ter objetivos definidos, nem sempre são alcançados, mesmo com um bom planejamento. Dessa forma, fazer um gerenciamento é relevante para aperfeiçoar o processo.

Afinal, há um esforço maior do que apenas assegurar a definição de metas a serem atingidas. Nesse caso, todos trabalham em conjunto, de colaboradores a diretores. Como consequência, as equipes têm a mesma visão e atuam de forma alinhada.

Então, como implementar a gestão de metas para ter bons resultados? Continue a leitura para entender mais sobre a estratégia. Acompanhe!

O que é gestão de metas?

A gestão de metas busca direcionar o uso de recursos e atividades de um projeto para o alcance dos objetivos estratégicos do negócio, incluindo:

  • tempo;
  • dinheiro;
  • colaboradores. 

Assim, é possível supervisionar e planejar as ações e suas etapas, a fim de que o sucesso seja atingido.

Portanto, essa prática também tem relação com a gestão de processos. Isso faz com que as empresas saibam onde querem chegar e o caminho a percorrer. Assim, existe uma visão holística de tudo o que foi previsto e realizado, possibilitando ajustar as rotas conforme os resultados.

Qual a importância da gestão de metas?

A importância da gestão de metas é ter uma visão macro do negócio. Dessa forma, as equipes têm uma clareza maior sobre as prioridades a serem realizadas e os projetos que exigem mais energia e esforços.

Ao mesmo tempo, os colaboradores atuam de forma mais direcionada e estratégica, deixando de lado tarefas desnecessárias.

Ou seja, existe um direcionamento mais claro do que deve ser feito, evitando que as atividades sem relação com o core business tomem muito tempo. Assim, obtém-se mais eficácia e facilidade no alcance do crescimento empresarial.

Quais são os benefícios da gestão de metas?

Os benefícios da gestão de metas permitem saber quais são os pontos relevantes para a empresa. Da mesma forma, evita a definição de objetivos inatingíveis, que podem levar à frustração.

Ainda existem outras vantagens oferecidas pela estratégia. Veja quais são elas:

Clareza nas operações

As equipes sabem exatamente o que devem fazer e quais metas precisam alcançar. Assim, há uma clareza maior nas operações, com a definição de quais projetos são prioridade no momento.

Comunicação e propósito definidos

A clareza nas operações também permite fornecer feedbacks eficientes. Assim, a comunicação melhora, sempre se voltando para o alinhamento de expectativas e diagnóstico de pontos de melhoria.

Toda essa comunicação é derivada da visão holística quanto ao propósito da empresa. Ou seja, as equipes sabem o que precisam atingir e entendem qual é a importância de sua atividade para esse processo.

Melhora no engajamento da equipe

Entendendo qual é a importância da sua função para o negócio, o colaborador fica motivado e engajado. Assim, é gerado um senso de pertencimento, aumentando a identificação entre profissional e empresa. Isso traz benefícios, como a redução do turnover.

Aumento da produtividade

O gerenciamento de metas também traz uma visão mais clara às lideranças. Dessa forma, o direcionamento das equipes se torna preciso e eficaz.

Como implementar a gestão de metas?

Para implementar a gestão de metas, estabeleça um planejamento com propósitos claros. É fundamental que todas as etapas possam ser atingidas para que os colaboradores se sintam motivados.

Portanto, sempre evite objetivos difíceis de serem conquistados para evitar o desânimo entre os profissionais.

A seguir, trazemos algumas etapas para você entender melhor como implementar a gestão de metas no seu negócio.

Siga as etapas de planejamento

O primeiro passo é definir como as metas deverão ser atingidas. Essa é a etapa do planejamento, que exige um caminho bem elaborado. Afinal, caso contrário, é impossível colaborar para o sucesso da ação.

Nesse momento, vale a pena utilizar o método SMART. Específico para a definição de metas, o conceito propõe que devem ser:

  • específicas;
  • mensuráveis;
  • alcançáveis;
  • relevantes;
  • com prazo definido.

Divida as metas entre quantitativas e qualitativas

Separe as metas por categorias. As quantitativas são os índices a atingir, que precisam ser mensurados e acompanhados. Já as qualitativas representam os comportamentos da equipe para alcançar os resultados.

Por exemplo, uma meta quantitativa seria aumentar as vendas em 10%, enquanto a qualitativa seria melhorar o atendimento ao cliente, para que contribua para o crescimento das negociações.

Elabore um plano de ação

Crie um plano de ação bem detalhado para que a gestão de metas possa ser implementada da forma correta. Isso requer a abrangência dos seguintes pontos: 

  • definição de prioridades: evite que os processos sejam feitos de qualquer maneira ou de uma só vez;
  • indicação de responsabilidades: sinalize como será feita a identificação e a alocação de capital e recursos humanos. Isso ajudará a entender os objetivos, os prazos e a função de cada profissional;
  • identificação de riscos: isso permite elaborar planos de contingência para evitar imprevistos;
  • mensuração, monitoramento e controle de métricas: defina as mais relevantes para medir o desempenho de objetivos e resultados.

Estabeleça uma comunicação transparente

A comunicação alinhada entre todos os colaboradores, líderes e gestores deve ser prioridade. Assim, os últimos devem difundir a estratégia nos diferentes setores empresariais, enquanto os segundos precisam motivar os primeiros para que tudo saia conforme o planejado.

Nesse processo, é fundamental utilizar múltiplos canais de comunicação, como:

  • discursos;
  • intranet;
  • cópias impressas;
  • e-mails;
  • entrevistas;
  • comunicados à imprensa.

Estimule o engajamento entre as equipes

Um benefício da gestão de metas é favorecer o engajamento das equipes. Isso porque o colaborador sabe que sua função é essencial e como ela contribui para o alcance dos resultados. Portanto, ele consegue se comprometer e se motivar mais.

Assim, para engajar as equipes, você pode adotar diferentes estratégias, como:

  • incentive o desenvolvimento profissional;
  • implemente o feedback;
  • crie uma cultura voltada para pessoas;
  • reconheça e recompense;
  • ofereça autonomia aos colaboradores.

Faça o acompanhamento individual para entender as necessidades

Cada colaborador precisa de um acompanhamento individual para permitir que ele entenda melhor o que a empresa deseja e saiba o que está fazendo de certo e errado. Ao mesmo tempo, é uma forma do gestor entender o que esse profissional precisa no seu dia a dia.

Por isso, faça reuniões frequentes com feedbacks para garantir que as atividades e as forças estejam coordenadas e alinhadas. Caso exista alguma divergência, é possível chegar a um consenso.

Use uma solução ERP

Uma solução ERP tem como foco o gerenciamento de recursos empresariais, como a sigla indica. Portanto, é essencial para a gestão das metas, já que concentra todas as informações sobre o negócio.

Por exemplo, há módulos específicos para fatores como:

Dessa forma, você tem todos os dados à sua disposição para verificar gargalos, implementar uma comunicação eficaz, direcionar os colaboradores e definir e alcançar as metas estabelecidas.

Esses são os módulos oferecidos pelo ERP BomControle. Com essa solução, sua empresa fica preparada para qualquer situação que venha a enfrentar, além de ajustar os objetivos e acompanhar os colaboradores. Ou seja, a gestão de metas é efetivada com segurança no controle das atividades realizadas.

Então, que tal chegar a esse patamar na sua empresa? Acesse o site do BomControle, conheça o ERP e veja todos os recursos que favorecem o seu negócio.

Notebook com a tela aberta no teste grátis do software da BomControle.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *